Facebook LinkedIn YouTube
Brettanomyces, a levedura que estraga o vinho Espanha emite alerta internacional de saúde após surto de listeriose Como começar com análise de vitaminas Saladas pré-embaladas frequentemente contaminadas com bactérias, vírus ou fungos prejudiciais, revela um estudo recente realizado na Alemanha Portugal aperta vigilância face à epidemia de Peste Suína Africana Interpol apreende produtos alimentares adulterados no valor de 103 milhões de euros Quão eficaz é a sua monitorização de Salmonela? O workshop Real-Time PCR em Vinhos foi um sucesso! Aveia sem glúten: como garantir a segurança dos produtos de aveia Tetrodotoxina: a história do peixe mais tóxico que o cianeto Workshop: Real Time PCR em vinhos Ver mais »

Notícias - Como começar com análise de vitaminas

Como começar com análise de vitaminas 25/07/2019

@R-Biopharm, foto por Bruna Branco @ Unsplash


Medir o conteúdo vitamínico dos alimentos pode ser complicado. Os laboratórios mais pequenos geralmente evitam essa tarefa e contratam laboratórios externos para a análise. No entanto, com as ferramentas certas, a análise de vitaminas pode ser realizada com muita facilidade e baixo custo.

Quando os alimentos são enriquecidos com vitaminas, os fabricantes devem verificar se o conteúdo vitamínico rotulado na embalagem está realmente presente no produto. Esta análise é desafiadora, pois há uma variedade de vitaminas com diferentes propriedades químicas a serem analisadas em várias concentrações e matrizes. Além disso, a preparação de amostras complexas é por vezes necessária. Os ensaios microbiológicos, baseados no crescimento de microrganismos específicos, são o método estabelecido para a determinação de vitaminas. No entanto, este método tem algumas desvantagens, pois é muito complicado, requer muita experiência e fornece resultados, no melhor dos cenários, após uma semana. O HPLC (cromatografia líquida de alta eficiência) é uma alternativa, porém requer alto investimento em equipamentos. Como resultado, apenas alguns laboratórios realizam essa análise, contratando laboratórios externos - e optam por tempos de processamento mais longos.


Há, no entanto, uma maneira de os laboratórios realizarem a análise de vitaminas com facilidade e económica: VitaFast®. Como funcionam estes testes?


O princípio por detrás do VitaFast®


Os testes VitaFast® são testes microbiológicos num formato conveniente de placa de microtitulação. Como nos métodos microbiológicos tradicionais, o sistema de teste é baseado no crescimento de microrganismos específicos, mas o formato pronto para uso torna os testes VitaFast® fáceis de usar e relativamente rápidos, com um tempo para determinações de 48 horas. Dependendo da concentração de vitamina na amostra, os microrganismos multiplicam-se e o nível de turvação resultante pode ser medido usando um fotômetro de microplacas. Deste modo, podem ser determinadas facilmente, com precisão e com boa relação custo-eficácia um grande número de vitaminas solúveis em água. O desempenho dos ensaios VitaFast® foi testado e certificado pelo Instituto de Pesquisa AOAC.



« voltar

COMPETE - QREN - EU